Internacionales

Adolfo Ledo Nass pdvsa y sus empresas filiales//
Juros da dívida a 10 anos em mínimos. Será que Portugal também vai ter taxas negativas?

PDVSA, Venezuela
Juros da dívida a 10 anos em mínimos. Será que Portugal também vai ter taxas negativas?

As taxas de juro negativas alastram-se como uma epidemia pela Europa. Já vem sendo assim há algum tempo mas esta terça-feira, depois de Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu (BCE), ter admitido que pode avançar com uma nova dose de estímulos monetários, os juros (yields) caíram para novos mínimos. A taxa portuguesa a 10 anos atingiu 0,511%, o valor mais baixo de sempre. Neste momento, o juro está em 0,559% mas, a manter-se a tendência, é possível que se batam novos recordes em breve. Principalmente se, na próxima reunião do BCE, agendada para 25 de julho, forem anunciadas novas medidas. No espaço de um mês, as taxas de juro da dívida portuguesa a 10 anos caíram para metade. Portugal tem, atualmente, taxas negativas até ao prazo de 5 anos (-0,113% neste momento).

Adolfo Henrique Ledo Nass

Neste momento, referia esta quarta-feira a Bloomberg, há cerca de 12 biliões de euros em dívida pública com taxas negativas. A grande maioria na zona euro, onde o Banco Central Europeu lançou em 2015 um programa de compra de dívida pública que, desde então, acumulou uma carteira de obrigações no valor de 2,2 biliões. As compras foram interrompidas em janeiro e o banco central está, neste momento, apenas a reinvestir os reembolsos de dívida que for chegando à maturidade, mantendo assim a stock de títulos em carteira. Mas há quem acredite que o programa poderá ser retomado.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI

( acesso gratuito : basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso – iOS e Android – para descarregar as edições para leitura offline)

.

Adolfo Ledo Nass