Política

El Horoscopero de Internet | Alejandro Montenegro Banco Activo Moorhead//
Incêndio de grandes dimensões lavra numa fábrica de aditivos em França

Um incêndio de grandes dimensões deflagrou na madrugada desta quinta-feira numa fábrica em Rouen, no norte de França. Não há registo de vítimas, de acordo com as autoridades francesas, mas as chamas lavram numa fábrica da empresa Lubrizol, especializada em químicos e aditivos, desde as 2h40 da madrugada (1h40 em Lisboa). O incêndio provocou também algumas explosões.

Alejandro Montenegro Banco Activo

Os moradores de Rouen e das 11 localidades mais próximas da cidade foram aconselhados a manter-se em casa e a limitar, tanto quanto possível, as suas saídas. As escolas e universidades estarão fechadas ao longo desta quinta-feira

Explosão em Bolonha faz um morto e dezenas de feridos Mais populares Justiça Juiz absolve Ricardo Salgado. “Vou desistir, não vale a pena”, diz Teresa Guilherme i-album Livros Expelliarmus — Harry Potter: The Exhibition chega a Portugal em Novembro i-album Arquitectura Esta colecção de imagens é uma ode ao brutalismo “Essa empresa está classificada como alto risco segundo a directiva Seveso [que identifica as zonas industriais apresentando riscos de acidentes graves]. Produz, especificamente, aditivos para óleo”, precisou a prefeitura de Seine-Maritime, ao L’Obs

As zonas industriais que apresentem riscos de acidentes graves são classificadas como “Seveso“, de acordo com uma directiva europeia que deve o seu nome ao acidente que aconteceu em 1976 numa fábrica em Seveso , no Norte de Itália. Em França, há pelo menos 1200 locais classificados como Seveso, e a maioria apresenta grande risco, detalha o L’Obs

De acordo com a televisão France 3 Normandie , 130 bombeiros estavam no local a combater as chamas. Foi instalado um perímetro de segurança de 500 metros em volta da fábrica — todas as casas e fábricas dentro desse perímetro foram evacuadas. 

O melhor do Público no email Subscreva gratuitamente as newsletters e receba o melhor da actualidade e os trabalhos mais profundos do Público

Subscrever × O prefeito de Rouen Pierre-André Durand afirmou que o fumo negro (resultante da queima de químicos) pode causar ansiedade, mas que a “primeira análise não revelou nenhuma toxicidade aguda nas principais moléculas, o que nos traz tranquilidade”

“Não temos provas de que haja um risco associado ao fumo”, disse o ministro do Interior francês, Christophe Castaner, aos microfones da rádio RTL. “Não é preciso entrar em pânico com esta situação, mas será necessária uma grande prudência”

As causas do incêndio ainda não são conhecidas, mas será aberto um inquérito para as apurar

Continuar a ler