Tecnología

Ibovespa fecha em queda e renova a pior pontuação desde novembro de 2020

fique por dentro

Entrevista com Tebet Chegada do inverno Renúncia na Petrobras Criança estuprada em SC Famosos que pausaram carreira Ibovespa fecha em queda e renova a pior pontuação desde novembro de 2020 Nesta terça-feira, o principal índice da bolsa caiu 0,17%, a 99.684 pontos. Por g1

21/06/2022 10h05 Atualizado 21/06/2022

O Ibovespa , principal índice da bolsa de valores de São Paulo, a B3 , caiu nesta terça-feira (21), com os investidores analisando a ata do Copom e monitorando as tratativas em Brasília para frear a alta nos preços dos combustíveis

O indicador fechou em queda de 0,17%, a 99.684 pontos. É a menor pontuação do índice em 2022, e mais baixa desde 4 de novembro de 2020 (97.866 pontos). Veja mais cotações

No dia anterior, o indicador teve alta de 0,03%, a 99.853 pontos. Com o resultado de hoje, passou a acumular recuo de 0,14% na semana, de 10,48% no mês, e de 4,90% no ano

LEIA MAIS:

Pressionado pelo governo, José Mauro Coelho anuncia saída da Petrobras Saiba quem é Fernando Borges, que assume interinamente a presidência da Petrobras Petrobras paga mais de R$ 24 bilhões aos acionistas nesta segunda-feira Troca de comando dificilmente levaria a nova política de preços, dizem analistas

Copom: Inflação segue alta e juros vão subir mais em agosto

O que está mexendo com os mercados?

Nesta terça-feira, O Banco Central publicou a ata do Comitê de Política Monetária do Banco Central que mostra a necessidade de manter a taxa básica de juros em nível elevado por período prolongado para levar a inflação a patamar próximo à meta fiscal em 2023, reforçando que pretende fazer novo ajuste igual ou menor que 0,5 ponto percentual na Selic em agosto

Na semana passada, Banco Central subiu a taxa Selic em 0,5 ponto percentual, a 13,25% ao ano, e disse que antevê um novo ajuste, de igual ou menor magnitude, na reunião de agosto

No comunicado da última semana, a autoridade monetária afirmou que as medidas de cortes de tributos para baratear combustíveis, energia e telecomunicações, em tramitação no Congresso, reduzem sensivelmente a inflação neste ano, mas elevam, em menor magnitude, a inflação no horizonte relevante da política monetária

Troca no comando da Petrobras: veja quais são os próximos passos

Também na cena doméstica, permanecem as preocupações com as incertezas sobre o futuro da Petrobras , depois que José Mauro Coelho pediu demissão do cargo de presidente-executivo. Ele é o terceiro presidente da Petrobras a deixar o comando em um contexto de insatisfação do governo com a política de preços da empresa

Investidores seguem de olho em Brasília, enquanto os Poderes Legislativo e Executivo discutem possíveis soluções para baixar os preços dos combustíveis. A Câmara dos Deputados discute mudanças na Lei das Estatais e na política de preços da Petrobras . Arthur Lira (PP-AL), presidente da casa, defende alterações na lei das Sociedades por Ação que permitam mais sinergia com o governo

Nos Estados Unidos , as bolsas tiveram forte alta na volta do fim de semana prolongado por feriado na segunda-feira, buscando uma recuperação após uma semana difícil para Wall Street. Segundo dados preliminares, o S&P 500 teve alta de 2,45%, para 3.764,89 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite subiu 2,50%, para 11.068,13 pontos. O Dow Jones avançou 2,19%, para 30.542,88 pontos

As ações europeias subiram pela terceira sessão consecutiva nesta terça, impulsionadas pelos setores químico e ligados a recursos básicos, depois de uma liquidação na semana passada por temores de recessão. O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,35%, a 408,58 pontos, após atingir uma mínima em mais de um ano na semana passada

Miriam Leitão: ‘Governo não abre CPI para investigar seus próprios integrantes; intenção é interferir na Petrobras